Areias

areia fina

Areia Fina

Utilizada para acabamento, normalmente para reboco.

areia média

Areia Média

Utilizada em todas as fases da obra.

areia grossa

Areia Grossa

Utilizada para concreto, chapisco e contrapiso.

Areia, genericamente, abrange um amplo conjunto de materiais granulares, constituídos principalmente de quartzo, e com diferentes especificações e usos, tais como:


• agregados para construção civil;

• moldes de fundição;

• indústrias de transformação (vidros, abrasivos, química, cerâmica, siderurgia, filtros, jateamento, defensivos agrícolas, ferro-ligas, cimento, refratários);

• tratamento de águas e esgotos;

• minério portador de minerais de interesse econômico, como: monazita (cério e terras-raras), ilmenita (titânio), ouro, cassiterita e outros.


A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) define escalas referentes a granulometria das areias. A norma ABNT-NBR 7211/83 define a seguinte classificação granulométrica para areia de uso na construção civil:


Tabela Granulometrica

Dependendo da granulometria e grau de pureza, as areias têm empregos específicos. Aquelas de baixo teor de ferro são usadas na fabricação de vidros e na indústria cerâmica e refratária. As areias com alta concentração de sílica se usam na siderurgia, para confecção de ligas ferro-silício. As areias mais grosseiras e com maior impureza se utilizam na construção civil e as mais finas como abrasivos.

Avenida Cabuçú, 230 – Cabuçú – São Paulo – SP – CEP: 07061-041

Desenvolvido por

Opção Pubblicidade